E não é que Portugal é campeão da Europa...

17:06

Olá meninas!! Hoje queria vir partilhar convosco a alegria que ontem vivi e que hoje continuo a viver pela nossa seleção ter conseguido conquistar o primeiro Europeu. Desde que passamos da fase de grupos sempre acreditei que podíamos ganhar este Europeu... Cada vitória que íamos conquistando era um mais um passo que dávamos para chegarmos à final. Muitas crítica surgiram contra a nossa seleção, o nosso treinador e o nosso capitão, Cristiano Ronaldo, mas, sendo os portugueses um povo persistente os nossos jogadores conseguirão sempre ultrapassar as adversidades até chegarmos à final. Quando soube que a segunda meia-final seria entre a França e a Alemanha sempre quis que a final fosse contra a França, uma vez que, caso vencêssemos seria uma vitória com muito significado, já que estávamos a falar do país que recebeu este Europeu. Os nervos começavam a apertar com o aproximar das 20h e os primeiros minutos de jogo foram vividos com muito stress. Ver o nosso capitão caído no chão a chorar, fez-me perceber que ele não conseguiria jogar mais esta final, e os nervos começavam a apertar cada vez mais. Contudo, a nossa equipa uniu-se e quis mostrar ao Cristiano que juntos conseguiam. Talvez aquela borboleta que pousou no olho de Ronaldo quereria dizer alguma coisa de importante. Todas aquelas defesas de Rui Patrício e aquela bola à trave davam-me cada vez mais a certeza de que este campeonato da Europa só podia ser nosso. Ver o Cristiano Ronaldo a orientar a equipa foi um momento especial e ver um jogador tão grande querer engrandecer os seus colegas foi algo muito bonito de se ver. A entrada de Éder talvez não tenha sido a mais esperado, no entanto, foi a mais certa, este avançado conseguiu segurar as bolas que nenhum dos seus colegas havia conseguido e ainda marcou o golo da vitória portuguesa. Os últimos 10 minutos foram muito dolorosos, mas conseguimos mostrar que aquele país dito «pequenino» pode ser muito grande. Quando o árbitro apitou pelo final da partida o rosto de Cristiano espelhava toda a emoção que os portugueses estavam a sentir naquele momento. Aquela taça esperava por nós há 12 anos e algum dia teria que ser nossa. Fernando acreditou sempre na nossa seleção e disse que só viria para Portugal no dia 11 de Julho e que viria em festa, e realmente conseguiu concretizar o seu sonho, mas acima de tudo o sonho de uma nação. Um dia em que não existiam clubes mas apenas Portugal. Pelo primeira vez festejei uma taça com o meu pai e com alguns dos meus amigos, isto sim é importante. Só me resta dar os parabéns aos 23 jogadores que conseguiram fazer-nos sempre acreditar, sofremos mas vencemos!!! 
















E vocês o que sentiram neste dia e com esta vitória?

You Might Also Like

0 comentários